Exposição

O Tempo Completa

Burle Marx: clássicos e inéditos

30 Out a 06 Fev

Terça-feira a domingo
12h às 18h

R. Cosme Velho, 1105
Rio de Janeiro, RJ

Exposição

O Tempo Completa

Burle Marx: clássicos e inéditos

30 Out a 06 Fev

Terça-feira a domingo
12h às 18h

R. Cosme Velho, 1105
Rio de Janeiro, RJ

Roberto Burle Marx
Planta baixa do jardim do Ministério da Educação e Saúde, (Detalhe)

Planta baixa do jardim do Ministério da Educação e Saúde

Burle Marx: clássicos e inéditos

A Casa Roberto Marinho se associa ao Instituto Burle Marx na primeira exposição de seu inestimável acervo.

Data de 1938 a primeira relação profissional entre os dois Robertos, por ocasião da feitura do jardim da residência do jornalista no Cosme Velho. Foi um dos primeiros trabalhos residenciais de Burle Marx que, naquele exato momento, concebia o paisagismo do Ministério da Educação e Saúde, atual Palácio Gustavo Capanema. Indiscutível obra-prima que assinala a adaptação aos trópicos do projeto internacionalista de Le Corbusier. Com as curvas dos jardins, as sinuosidades das divisórias internas e a solução volumétrica de entrecruzamento de seus blocos, Burle Marx, Lucio Costa e Oscar Niemeyer evitaram que o edifício fosse apenas mais uma de tantas importações europeias entre nós. Ali começou, em grande escala, o Modernismo carioca e brasileiro.

A Casa de Stella e Roberto Marinho situa-se na última franja da Floresta da Tijuca; a adaptação ao local envolveu o transplante e uso de espécimes locais numa transição entre o bosque e o jardim. Destaca-se a presença da água e de seu rumor na fonte e no próprio curso do rio Carioca. Não se trata de uma obra para rápida contemplação visual e, sim, um espaço amistoso para permanência, deslocamento e fruição dos sentidos.

A presente exposição assinala o registro de quase nove décadas de trabalho do paisagista e de seus colaboradores. Materializa, ainda, a exemplar transformação dos arquivos particulares em acervo do Instituto, permitindo o seu compartilhamento com a sociedade. A existência organizada dessa coleção muito se deve ao próprio Roberto Burle Marx, mas, em igual medida, ao zelo de Haruyoshi Ono, José Tabacow, Fátima Gomes, Julio Ono, Gustavo Leivas e, agora, de Isabela Ono, minha parceira na curadoria e diretora executiva da recém-criada instituição. Em tempos sombrios o registro da persistência da criação e do posicionamento contra a destruição de nossas riquezas naturais é um grande alento e incentivo para todos.

“O Tempo Completa”, dizia nosso homenageado sobre a participação orgânica das espécies na criação da beleza. Mas, também, nos alertava que os lentos processos da milenar natureza podem ser destruídos em simples horas pela ignorância e ação mecânica violenta.

O acervo exibido deve ser tomado como uma oração ao tempo, de modo que dele sejamos parceiros em nossa passagem no planeta. E o Instituto consolida, junto com o Sítio Burle Marx e o conjunto de obras espalhadas por vários continentes, o legado que esse extraordinário brasileiro nos deixa.

Lauro Cavalcanti
Diretor-Executivo Instituto Casa Roberto Marinho

Obras expostas

Exposição

O Tempo Completa

Burle Marx: clássicos e inéditos

30 Out a 06 Fev

Terça-feira a domingo
12h às 18h

R. Cosme Velho, 1105
Rio de Janeiro, RJ

Visite a exposição

Exposição

O Tempo Completa

Burle Marx: clássicos e inéditos

30 Out a 06 Fev

Terça-feira a domingo
12h às 18h

R. Cosme Velho, 1105
Rio de Janeiro, RJ

Visite a exposição

Exposições Anteriores

Estrangeiros na Coleção Roberto Marinho

Estrangeiros na Coleção Roberto Marinho

Casa Roberto Marinho

Rio de Janeiro - 19 JUL A 10 NOV 2019

Curadoria: Lauro Cavalcanti

Djanira: a memória de seu povo

Djanira: a memória de seu povo

Casa Roberto Marinho

Rio de Janeiro - 28 JUN A 27 OUT 2019

Curadoria: Isabella Rjeille e Rodrigo Moura

Modernos +

Modernos +

Casa Roberto Marinho

Rio de Janeiro - 07 DEZ A 09 JUN 2019

Oito décadas de abstração informal

Oito décadas de abstração informal (2)

Casa Roberto Marinho

Rio de Janeiro - 07 DEZ A 09 JUN 2019

Modernos 10

Modernos 10

Casa Roberto Marinho

Rio de Janeiro - 28 ABR A 04 NOV 2018

Curadoria: Lauro Cavalcanti

Quantidade de obras: 124

10 Contemporâneos

10 Contemporâneos

Casa Roberto Marinho

Rio de Janeiro - 28 ABR A 04 NOV 2018

Curadoria: Lauro Cavalcanti

Quantidade de obras: 10

Oito décadas de abstração informal

Oito décadas de abstração informal

Museu de Arte Moderna de São Paulo

São Paulo - 16 JAN A 22 ABR 2018

Curadoria: Felipe Chaimovich e Lauro Cavalcanti

Abstrações, Coleção Fundação Edson Queiroz e Coleção Roberto Marinho

Abstrações, Coleção Fundação Edson Queiroz e Coleção Roberto Marinho

Espaço Cultural Unifor

Fortaleza - 01 JUL A 31 JAN 2015

Curadoria: Lauro Cavalcanti

Quantidade de obras: 62